Google+ Badge

segunda-feira, 15 de março de 2010

POESIA : O CANTO DA JURITI

UM BELO CANTO SE OUVIA,
DENTRO DO MATAGAL,
CANTO DE MELANCOLIA.
ALI ASSIM ECOAVA PU PU...
CANTO BASTANTE SERENO,
ENTRE AS FOLHAS DA MATA ,
A BELA POMBA CANTAVA,
E EU JAMAIS ESQUECI,
MAIS PARECIA UM GEMIDO,
CANTO BELO MAS TRISTE...
O CANTO DA JURITI.


autor: sonia santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comerntar e preciso